Como está a sua relação com o dinheiro?

June 6, 2017

 

Conta bancária no vermelho, dívidas intermináveis e sonhos cada vez mais distantes apontam para um quadro de desequilíbrio financeiro. Nos últimos 2 anos, esse cenário virou lugar comum para empresários e trabalhadores brasileiros. E quando esse sintoma aparece, a prosperidade dá lugar a ansiedade, insônia, depressão, desmotivação e queda na produtividade.

 

Com a economia em crise, quem tem educação financeira aumenta as chances de driblar a recessão. E quem são essas pessoas? São aqueles que tomam decisões assertivas, ou seja: gastam menos do que ganham; têm o hábito de poupar; controlam receitas e despesas; fogem de juros altos e não caem nas armadilhas de consumo. 

Todos lutamos para ganhar mais, buscamos reconhecimento profissional e autorrealização, mas quando gastamos desenfreadamente, não investimos e damos pouca importância às regras da riqueza, nossa relação com o dinheiro fica mais complicada. 

 

Para potencializar odesempenho financeiro é preciso técnica, mas antes de tudo temos que promover mudanças comportamentais essenciais. O primeiro passo é identificar eventuais gatilhos emocionais vinculados a esta área. Trata-se daquelas emoções negativas geradas após situações de crise que nos acompanham pela vida toda. Para entender e melhorar a relação com o dinheiro é preciso desarmar estes gatilhos, evitando que eles nos controlem. Quando reorientamos essa relação, podemos partir para uma nova programação mental que nos leve ao encontro dos nossos objetivos.

 

Aí começa a parte técnica do trabalho, ou seja, definir metas, planejar as ações e programar o futuro. Neste momento, devemos nos concentrar no nosso real padrão de vida, adequando-o às nossas possibilidades. Três dos passos imprescindíveis nessa hora são renegociar as dívidas, fugir do consumismo e buscar fontes de renda extra. 

 

Todo esse processo de conquista da tão sonhada independência financeira exige consciência, foco e persistência, mas o resultado de fazer as pazes com o bolso e eliminar o estresse que a falta de dinheiro traz garante não só liberdade financeira, mas a chance de viver plenamente a prosperidade.

 

Fale com a coach: marina@movrh.com.br

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags