5 dicas para não ter medo de perder o emprego

July 29, 2019

 

Diante do cenário atual que aponta um número de desempregados no Brasil de 13,4 milhões de pessoas no primeiro trimestre de 2019, segundo dados do IBGE, pensar em ficar desempregado pode assustar, mas se perceber com medo de perder o emprego pode ser a grande válvula propulsora para você investir no seu autodesenvolvimento. 

Atualmente temos dois cenários distintos, um com uma grande quantidade de pessoas desempregadas e procurando uma recolocação e outra categoria de profissionais que podem escolher a empresa onde querem trabalhar. Mas como você pode passar para a categoria de profissionais que podem escolher o seu próprio emprego?

 

1. Invista em ser empregável e não empregado

 

Perder o emprego faz parte da vida de todos os profissionais, mas ter medo de perder o emprego pode ser uma grande armadilha que você mesmo está criando na sua carreira, isso porque quem tem medo de perder o emprego pode ficar estagnado na profissão, pelo simples fato de sempre estar preparado para o pior e não investir no seu desenvolvimento. Os profissionais que passam pela quarta revolução industrial devem buscar ser empregáveis, ou seja, entender o que o mercado de trabalho necessita, se possível até se antecipar nessa demanda e a partir disso, traçar como ele pode desenvolver as habilidades que o mercado valoriza.

 

2. Saiba se posicionar

 

Outra armadilha que o medo pode fazer com você é evitar se posicionar, sabe quando existem algumas coisas que precisam mudar na equipe ou empresa, mas sempre tem a turma “do deixa pra lá, isso nunca dá certo aqui”. Fazer parte dessa turma vai levar muitos profissionais ao desemprego e ainda mais, profissionais com essa postura tendem a demonstrar dificuldades de recolocação. As maiores demandas de emprego são por pessoas que encontram soluções para os problemas organizacionais, e para resolver esses problemas os profissionais precisam ter autoconfiança para entender que sua opinião e suas soluções podem ser importantes para a empresa.

Através do desenvolvimento de habilidades como comunicação e empatia é possível se posicionar e ainda liderar as mudanças necessárias com mais confiança e assertividade, além do medo de perder o emprego ir embora, sua capacidade de comunicação e de resolução de problemas podem te garantir uma promoção.


3. Procure uma mentoria

 

Para quem está empregado e vive com medo de perder o emprego e até para quem não consegue entender o seu real papel no mundo corporativo uma mentoria pode ser crucial. Atualmente, além da mudança no mercado de trabalha, dos avanços tecnológicos, temos também  a convivência de diversas gerações no mercado de trabalho. Frente a isso é comum as pessoas se sentirem perdidas e procurarem algo a mais no emprego do que apenas ganhar dinheiro. A mentoria pode te ajudar a se entender melhor e dessa forma você tenderá a ter mais possibilidades para gerir uma carreira de sucesso.

 

4. Procure desenvolver novas habilidades comportamentais

 

Cada vez mais veremos os processos sendo dominados pelos robôs,  isso afetará não só o mercado de trabalho mas também nossa forma de viver. Desenvolver nossas habilidades comportamentais nos dará maior segurança para crescer profissionalmente, pois com essas mudanças seremos cada vez mais exigidos na habilidade de se relacionar, de entender as pessoas e de influenciar suas atitudes. O profissional que vive a nova fase da economia moderna  além do conhecimento técnico aprofundado é também exigido que ele invista no seu autoconhecimento e no seu autodesenvolvimento, pois através disso é possível melhorar a forma como as empresas se relacionam com os seus clientes, fornecedores e colaboradores, ou seja, entender de pessoas. Profissionais que desenvolverem essas capacidades comportamentais poderão antever novos produtos, serviços, novas demandas de mercado e também na formação da equipe da própria empresa. Entender a riqueza de uma equipe com diversos perfis de pessoas é um fator competitivo nas organizações, porque isso torna a capacidade de entender pessoas mais ampla.

 

5. Seja um profissional responsável

 

Muitas vezes se ouve que a culpa é da empresa que me despediu, a culpa é meu colega de trabalho que fez intrigas sobre mim, enfim, as mais diversas “desculpas”. Um dos pontos essenciais que os profissionais precisam entender é a responsabilidade. A responsabilidade sobre suas escolhas são suas, não fique vagando com as circunstâncias. Quando você se coloca a frente das suas decisões você se torna capaz de delimitar seu caminho e a partir daí começar a se tornar empregável e livre para fazer suas escolhas. Responsabilidade traz liberdade.

 

Dica Bônus -Invista no seu autoconhecimento e autodesenvolvimento

 

A MOV está conectada com o que o mercado de trabalho e entendemos que as empresas vêm procurando a nível de conhecimentos, habilidades e atitudes dos profissionais. Por isso temos diversas soluções em cursos de autoconhecimento e autodesenvolvimento  para quem busca estar empregável. Os cursos são de curta duração e servem de base para o profissional fazer as melhores escolhas na sua carreira.

Vamos lançar o cronograma para o segundo semestre, onde o profissional que quer desenvolver as habilidades comportamentais que o mercado valoriza pode através dos treinamentos encontrar o caminho para esse avanço na sua carreira. Se você quer saber mais sobre nossos lançamentos deixei e-mail para contato no  link e receba todas as informações.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags